fbpx

Como funcionam as constelações sistêmicas ou familiares?

Para explicar o que são constelações, primeiro precisamos observar um fato: Mais de 60% de nossos problemas e dificuldades possuem origem nas histórias de nossas famílias. Mesmo que nunca as tenhamos conhecido.

Tudo que aconteceu em nossos ancestrais chega até nós, até mesmo pela forma que fomos criados. Somos o produto de duas famílias, suas crenças, medos e histórias.

Essas histórias acabam controlando nossa vida. Inconscientemente acabamos repetindo o destino, os sintomas e as dificuldades de nossos antepassados e não conseguimos construir a nossa própria história de forma livre.

O objetivo de uma constelação é trazer luz para o que está impedindo nossa vida de fluir livremente. (As soluções acontecem se a pessoa tomar novas atividades e responsabilidades.) Assim tanto você quanto os integrantes de seu sistema familiar podem ter mais equilíbrio, liberdade e paz.

E como isso funciona? Uma constelação acontece quando o constelado traz um problema. O constelador vai normalmente necessitar apenas do mínimo necessário para que possa trabalhar. Pois muitas vezes a pessoa pode se prender na história e acabar influenciando a condução.

O método de trabalho de uma constelação é fenomenológico. O que significa que serão colocadas pessoas como representantes. As quais não precisam saber do problema ou mesmo quem representam. E, através de uma postura calma, observa-se o que acontece. Mantendo o foco em gestos, sensações e emoções que aparecerem.

Através da observação do que se apresenta, o constelador consegue compreender o que está realmente acontecendo. Normalmente alguma das regras principais que Hellinger observou que existem em todos sistemas familiares estão sendo desrespeitadas. (Vínculo, ordem e equilíbrio)

Neste momento o Constelador pode atuar e auxiliar o sistema a recuperar seu equilíbrio. Através de percepção, estrutura e alguns movimentos sistêmicos o constelador auxilia o constelado a perceber novas possibilidades de soluções e acompanha o cliente. As mudanças ocorrem na alma do cliente e através de sua atitude ativa perante a vida, em função dos movimentos vividos na constelação.

Então, após a constelação, estes movimentos feitos começam a atuar. A imagem interna criada provoca a mudança e leva a novos impulsos e possibilidades. Primeiramente pelo constelado (cliente), depois pela família e outros sistemas que possam ser impactados (trabalho, clube, amizades).

Além destes sistemas, os representantes e participantes também se beneficiam da constelação, pois percebem questões e muitas vezes também resolvem só de estar juntos, assistindo ou representando.

E, normalmente, estas mudanças ainda reverberam durante quase dois anos no sistema da pessoa. Ou seja, acontecem acomodações em muitos membros da família para reorganizarem suas vidas, atitudes, medos e crenças.